Uma noite de fortes emoções na assembleia da CDL Campos com homenagens, doações e Manu

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL) viveu na noite de segunda-feira (15/04) um dos seus momentos mais emocionantes, com uma sequência de acontecimentos que comoveu o auditório lotado.


16/04/2019 14h07

Previous Next

O gerente de Relações Institucionais da CDL, Nilton Miranda, que fez as vezes de mestre de cerimônia da assembleia, primeiramente falou sobre o caso da pequena Manuela Ribeiro, a Manu, diagnosticada com leucemia. Miranda lembrou que com a ajuda da CDL, do empresariado de Campos e da sociedade em geral, a menina se recuperava bem.

Lembrou ainda que a menina, que faz tratamento no hospital da Lagoa, no Rio, tem a presença constantes dos pais ao seu lado porque Fátima Vasconcellos, diretora da CDL, havia cedido o seu apartamento no Jardim Botânico, próximo ao hospital para a família. Neste momento Miranda pede para Fátima, que nada sabia, ir até uma sala do prédio e trazer uma menina que a aguardava.

Foi uma emoção forte quando Fátima entrou no auditório com Manu acompanhada do pai Júnior Ribeiro. O Pai agradeceu a todos, a Manuela hoje como 10 anos, está no terceiro estágio do tratamento que transcorre com sucesso, bem próximo a cura completa.

Outro momento de emoção foi quando a CDL passou às mãos do Sargento Boa Morte, integrante da Banda de Música do 8º Batalhão da Polícia Militar, que representava o comando, as primeiras de 120 camisas que serão usadas no projeto social que a PM desenvolve através da música destinado a menores carentes. As camisas foram confeccionadas com a ajuda de empresários e da CDL.

Quando todos pensavam que as emoções da noite haviam terminado, o provedor da Santa Casa, Manoel Corraes, o presidente dos Plantadores de Cana, Frederico Paes e o diretor da Beneficência Portuguesa de Campos, Jorge Miranda são chamados à frente do auditório para receberem tecidos que serão transformados em lençóis para os leitos destas unidades filantrópicas.

Esse foi o resultado de uma campanha do Rotary Club Campos São Salvador e da CDL. O Rotary é um clube de serviço com o qual a CDL tem histórico relacionamento. Os diretores dos hospitais agradeceram, cada um fazendo uso da palavra. Também falou sobre a campanha a presidente do Rotary, Maria Cândida.

O presidente da CDL Campos, Orlando Portugal disse que embora a entidade tenha uma agenda fortemente técnica, jamais deixou de cuidar destas questões sociais e humanitárias, e citou a Fundação CDL, presidida por Marcelo Areas, que também na segunda-feira, antes da assembleia, recebeu a visita da promotora Cristiane Cavalcanti Benites, que veio do Rio de Janeiro para conhecer de perto o trabalho da entidade.

No curso da assembleia a diretoria da CDL reuniu todos os seus funcionários e colaboradores para através de Alayde Queiroz, da tesouraria da CDL homenagear todo o corpo funcional, com o presidente Orlando Portugal lendo uma carta destacando o empenho de Alayde em suas atribuições profissionais.


CERTIFICADO DIGITAL - RÁPIDO, FÁCIL E SEGURO É CDL!



1

Dúvidas? Chame no WhatsApp