CDL cobra da Postura Municipal posição contra invasão de camelôs no Centro

Informalidade prejudica lojistas e pedestres.


10/04/2019 14h37

Com as presenças de ambulantes e camelôs sendo intensificadas nos corredores de comércio de Campos, principalmente no Centro da cidade, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos – CDL-, voltou a cobrar a Postura Municipal uma posição diante da irregularidade. O presidente da CDL, Orlando Portugal lembrou que havia um Termo de Ajustamento de Conduta – TAC- que estava sendo cumprido, mas que pelo exposto parece ter perdido o efeito.

- São inúmeras as reclamações que a CDL recebe diariamente de seus associados e comerciantes sobre a invasão de camelôs no Centro da cidade e em outros corredores comerciais como a Pelinca. Isso acontece exatamente no momento em que o poder público anuncia a retomada das obras do Camelódromo. Então achamos que essa situação tem que ser resolvida – disse Orlando Portugal.

A presença dos camelôs no comércio de Campos é tão forte que levou administrações anteriores a construir um camelódromo, e depois reformá-lo. Agora as obras entraram em fase de acabamento. Enquanto elas foram realizadas, um outro espaço foi montando para abrigar os camelôs em Campos.

- Então é possível resolver o problema dialogando. Os camelôs estão conseguindo que suas reivindicações sejam atendidas e desta forma, como contrapartida deveriam cumprir o que foi acordado no TAC. A situação é crítica principalmente no Centro, prejudicando lojistas e pedestres – concluiu Orlando Portugal.


CERTIFICADO DIGITAL - RÁPIDO, FÁCIL E SEGURO É CDL!



1

Dúvidas? Chame no WhatsApp