Juros para pessoa física encerram 2009 no menor patamar da história

Os juros de empréstimos para pessoa física encerraram 2009 com a menor taxa da história, em 42,7% a.a. (ao ano)


21/01/2010 00h00

De acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta quinta-feira, é o menor nível desde 1994 --em novembro, já havia sido a menor da série, ficando em 43% a.a.. Em dezembro de 2008, a taxa média para pessoa física era de 57,9% a.a.

Os juros médios de financiamentos fecharam o ano em 34,3%, a menor taxa desde dezembro de 2007, quando caiu a 33,83%. Em dezembro de 2008, era de 43,3% a.a. e, em novembro de 2009, 34,9% a.a.

Para linhas destinadas a pessoas jurídicas, a taxa média em dezembro foi de 25,5% a.a., a menor desde fevereiro de 2008. Em novembro, havia sido de 26% a.a. e, em dezembro de 2008, 30,7% a.a.

A inadimplência no pagamento de empréstimos caiu em dezembro para 5,6%, contra 5,8% no mês anterior. Em dezembro de 2008, a inadimplência estava em 4,4%. Para pessoas físicas, a taxa caiu para 7,8%, contra 8,1% no mês anterior. Em relação aos empréstimos feitos para empresas, a inadimplência caiu pelo segundo mês consecutivo para 3,8%.

São considerados inadimplentes os empréstimos com atraso superior a 90 dias. Isso significa que o indicador ainda reflete os efeitos da crise internacional de crédito, que provocou alta dos juros e redução dos empréstimos.

"Spread"

O "spread" bancário --diferença entre o que os bancos pagam para captar o dinheiro e os juros cobrados de seus clientes - caiu para 24,3 pontos percentuais. É a menor taxa desde dezembro de 2007. Em novembro, estava em 25,1 p.p. e, em dezembro de 2008, em 30,7 p.p.

O 'spread' para pessoas físicas foi de 31,6 p.p., contra 31,1 p.p. em novembro e 45 p.p. em dezembro de 2008. Para empresas, ficou em 16,5 p.p., contra 17,1 p.p. em novembro e 18,4 p.p. em dezembro de 2008. 

Autor: Folha Online


CERTIFICADO DIGITAL - RÁPIDO, FÁCIL E SEGURO É CDL!


1

Dúvidas? Chame no WhatsApp